Como identificar se o vaporizador de ervas é falsificado

    Quem pesquisa por um vaporizador de ervas portátil logo se depara com uma série de ótimas ofertas e de preços que os anunciantes garantem que são os melhores. O grande problema é que, assim como outros produtos, o vaporizador para fumar também pode ser falsificado e o uso de modelos adulterados faz muito mal à saúde.

    Quando o vaporizador de ervas secas é original, o seu processo de produção passa por rigorosas regras, tudo para garantir que que a fumaça criada por ele seja leve e não congestione as vias aéreas. Além disso, é fundamental que o produto extraia todas as essências naturais das ervas usadas.

    Nada disso é respeitado quando se trata de um vaporizador falsificado: nenhuma norma de segurança é seguida, da mesma forma que o resultado quando se faz uma vaporização é bastante inferior ao esperado.

     

    Vaporizador de ervas barato é sempre falsificado?

     

    Um dos principais meios de saber se qualquer mercadoria é falsificada é o seu preço excessivamente baixo. Por isso, é claro que a mesma lógica pode ser seguida quando se trata do vaporizador de ervas.

    Contudo, nem sempre o vaporizador de ervas barato é falso: ele pode apenas estar em uma promoção ou se tratar de queima de estoque. Para garantir, é importante que se verifique qual é o preço usual do modelo, se ele tem garantia e se a fabricante é de confiança.

     

    Qual vaporizador de ervas secas comprar

     

    Há diversos modelos interessantes de vaporizador de maconha e de outras ervas secas e você pode escolher de acordo com as suas preferências e necessidades. O Arizer Air II é um bom exemplo e o seu design pequeno e de cores sóbrias o torna um acessório muito elegante. Além disso, ele costuma ser um dos mais indicados para quem nunca usou um vaporizador antes.

    São três opções de tamanho, mas mesmo o Arizer Air II maior é compacto e pode ser colocado sem preocupação na bolsa ou em outros compartimentos. Por isso, vale a pena considerá-lo como seu novo vaporizador de ervas secas.

    No entanto, existem outros tão bons quanto esse, como o Fire Flay 2. Esse vaporizador tem o design parecido com o do MP3, tão popular nos anos 2000 como uma forma de ouvir música. Além disso, ele fica quente em dez segundos, ou seja, dá para começar a vaporização em pouquíssimo tempo.

    O Extreme Q é um modelo de mesa, ou seja, ele é bem maior e tem uma mangueira longa. Vem com um controle remoto e com um painel digital onde você confere informações sobre o grau de fervura já alcançado e o nível de bateria.

    Caso você não queira colocar ervas secas no compartimento, pode substituí-las por líquidos também: há essências muito agradáveis e que fazem sucesso dentre os usuários de vaporizadores. Um detalhe interessante sobre o Extreme Q é a sua base: ela é comprida e tem rodinhas, parecendo-se muito com um skate. Uma das cores comuns é preto.

    Leia mais artigos aqui!

     

     

     

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *